Provincianismo…

A Câmara Municipal e o Turismo de Coimbra nunca têm dinheiro para apostar e apoiar iniciativas de carácter cultural. Mas vão dar 200 000 euros (coisa pouca) para os concertos dos U2. Uma vergonha e uma demonstração de tacanhez e provincianismo que fala por si.

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

6 respostas a Provincianismo…

  1. paulo pereira diz:

    É mais uma atitude demonstrativa da vontade que os nossos politicos têm de estar sempre ao lado dos vencedores…

  2. paulo pereira diz:

    …e depois não têm dinheiro para fazer as obras necessárias para que se alterem as paragens de autocarro de forma a deixar que os cidadãos com mobilidade reduzida(cadeeira de rodas) tenham a mesma liberda de que os outros

  3. António P. Neto diz:

    Sem dúvida! Um escândalo, principalmente para quem, como eu, está na organização de eventos com custos elevadíssimos na Secção de Fado e que se depara de ano para ano com cada vez menos apoios (e cada vez mais entraves) ao que quer que seja. Parece que a Câmara só apoia esta espécie de “mega-eventos” e se esquece dos verdadeiros motores culturais da cidade, que passam inevitavelmente pela AAC. Deplorável!

    E é melhor nem falar no bem que 200.000€ fariam à criação de infra-estruturas básicas, ao aumento de verbas para a Biblioteca/ Fonoteca municipais, enfim… Não é preciso puxar muito pela cabeça para imaginar N sítios onde esse dinheiro teria sido bem melhor empregue.

  4. Cabeza diz:

    Tenho de concordar convosco, mas apenas em parte. Estes 200.000 é uma especie de gorjeta que valeu o 2º concerto, quase um 3º e uma vontade futura da “ritmos” em trazer mais destas coisas. (esse dinheiro paga obras no estadio para facilitar futuros concertos)
    É preciso ver que estes 200.000 convertem-se, em apenas 48h, em 6-7 milhoes de eur de retorno economico para a cidade. A queima das fitas que mais rendeu à Cidade – de sempre – foi cerca de 1 milhão de euros. Ou seja, em 2 dias tivemos cerca de 10 queimas, o maior evento da cidade.
    Por outro lado, não fica bonito na fotografia e comprova que este executivo nao compreende o retorno permanente e sistemático que investir na cultura traz. De resto, já houve uma petição nesse sentido e uma consequente melhoria, que embora ligeira é notável… mas entre poucos queixosos ou um publico que nao consegue encher um TAGV, eu concedo essa “gorjeta” à ritmos&blues.

  5. Cabeza diz:

    Correcção. é claro que este comentario atras foi escrito as 7 da manha.
    Na verdade 1 milhao de eur foi o que a queima rendeu à AAC isoladamente, não na cidade em geral. Ainda, ao que parece, o retorno dos 200.000 ficaram-se antes pelos 4-5 milhoes de eur.

  6. António P. Neto diz:

    Tens alguma razão, Mendas, mas experimenta virar um pouco o bico ao prego. Pensa só no espectáculo de Fado de Coimbra, ou em outro com bandas da cidade ou outros grupos da academia que farias com 200.000€. Ou até com 1/10. Apostando em divulgação e logística, facilitando licenças. Eu não sou contra os 200.000€ dos U2, sou contra as portas praticamente fechadas da Câmara à AAC, da falta de promoção/ aposta nos seus grupos, do descrédito generalizado que neles existe quando outras autarquias da região se desdobram em apoios e recebem os estudantes, muitas vezes de braços abertos (isto é verdade).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s