#9

Imagine que está a ter uma conversa sobre cães. Suponha que o seu cão preferido é um “grandanuá” (grand noir ou dogue alemão). Nesse sentido, interpela o seu amigo:

– O que me diz desta raça, meu caro?

Após um olhar vazio e um trejeito estranho, que parece um sorriso maquiavélico… ou parvo, estou indeciso, este simula que é uma corneta ambulante (uma boa imitação por sinal). Irritado, você eleva a voz “responda homem! O que acha do cão?”

– Acho que grande, já não há.

You’ve been MASTERed.

Anúncios

Sobre Pedro Ruivo

I have nothing to declare except my genius.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

3 respostas a #9

  1. José Maria Pimentel diz:

    Eheh…e eu a achar q andava a ser ignorado! Já me estragaste foi a numeração, pá! 😛

  2. Esta história é verdadeira, tu és o imitador da corneta!

  3. José Maria Pimentel diz:

    nãaao! Isso é uma ignomínia! Não me lembro nada disso (mesmo)!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s