Imprecisão no teste intermédio do 9º ano

Reparei nisto há pouco. Trata-se do Teste Intermédio de Matemática do 9º ano, realizado hoje.

Analisemos a pergunta 8 (é uma simples análise de gráficos, pelo que um simples leigo na matéria poderá perceber a questão e a imprecisão – para que isso aconteça vou tentar não usar terminologia técnica, para ser do entendimento de todos). No caso, é a versão 2, mas a situação é análoga na outra versão.

          Claramente só a resposta C poderá ser a resposta correcta. As opções A e B não são as correctas porque na parte final o ritmo do aumento da altura não é constante. Quanto à opção D, esta também não é a opção válida porque naturalmente é suposto a altura aumentar e não diminuir com o tempo. Assim sendo, resta-nos a opção C. Tal como é suposto, o gráfico traduz o crescimento da altura a um ritmo constante na fase inicial (segmento de recta) e inconstante na fase final (curva). A questão é que no momento em que o reservatório se torna mas estreito, é suposto que o ritmo do crescimento da altura seja sempre progressivamente maior e portanto que a curva seja mais próxima de uma recta vertical. Ora, se olharmos bem, vemos que há inicialmente uma diminuiçáo desse ritmo, como se o reservatório começasse por alargar, o que manifestamente não acontece.

Concluindo, pode não ser um erro de palmatória, daqueles que se notam descaradamente (mal parecia), mas não deixa de ser de lamentar que mais uma vez uma prova nacional contenha lapsos.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

3 respostas a Imprecisão no teste intermédio do 9º ano

  1. Inês Cabanita diz:

    Finalmente encontro alguma referencia a esta incorrecção. Há dias que ando a tentar confirmar que o gráfico está mal.

    Entretanto no GAVE o enunciado do testo foi alterado e já tem um gráfico que efectivamente corresponde à situação descrita.

    Como é que vai ser feita a classificação?

    Cmts
    Inês Cabanita

  2. André Oliveira diz:

    A pergunta 7 também está mal elaborada. Se um aluno passar para a folha de teste o que lhe aparece no visor da máquina de calcular, e se a calculadora tiver feito o arredondamento por excesso, acerta na resposta!
    Cumprimentos
    André

  3. João Torgal diz:

    A pergunta 7 é essencialmente estúpida, pois é só mesmo colocar a expressão na calculadora. De resto, pode ser dúbia pois não considera a hipótese de serem efectuados arredondamentos parcelares nas raízes (há alunos que não usam calculadora científica, neste caso teriam de efectuar os arredondamentos intermédios com mais casas decimais). Logo não é clara, mas, ao contrário da outra, não está propriamente mal elaborada.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s