Confiança e idealismo…

No discurso de encerramento do debate sobre o estado da nação, o ministro das Finanças Teixeira dos Santos (talvez um dos ministros socráticos menos maus) apelou à confiança, a uma atitude progressista e optimista e criticou os negativistas, os pessimistas, o Portugal macambúzio e descrente. Algumas horas antes, antevendo a clarividência deste discurso tão idealista e apoteótico (que até citou Os Lusíadas de Camões e A Mensagem de Pessoa), um certo senhor respondeu-lhe assim:

Pinho

Advertisements
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s