A leitura brilhante de Jesualdo Ferreira

Acabou há pouco a pior exibição do Porto num Porto-Benfica desde que eu vejo futebol (o que já acontece há quase 20 anos). Depois de uns razoáveis 30 minutos iniciais, o resto do jogo foi marcado por passes falhados em catadupa, erros de marcação, infantilidades e absoluta incapacidade de incomodar minimamente a defesa do Benfica, mesmo depois de aos 70 marcarmos um golo caído do céu (desde aí, o Moreira não deve ter tocado na bola e não voltámos a rematar à baliza (!!!!)). Salvou-se, enquanto esteve em campo, Raul Meireles, que sozinho comandou o meio-campo. 

Perante isto o que fez Jesualdo para mudar o rumo das coisas:

1. Tirou Raúl Meireles (???!!!), a léguas o melhor em campo do Porto, para passar a jogar com 10 (já por diversas vezes referi: meter o Mariano ou não meter ninguém é exactamente a mesma coisa). Porquê? Porque indenpendentemente do que aconteça, ele não sabe fazer outra substituição do que aquela que está formatada na sua cabeça.

2. Tira o Lisandro e mete o Farias no minuto 89 (???!!!), naturalmente para perder tempo.

E o que disse Jesualdo?

1. Jogámos bem e merecemos a vitória (???!!!!)

2. Jogámos extraordinariamente bem na primeira parte e criámos situações claríssimas de golo (???!!!!)

3. Na 2ª parte estivemos sempre em cima do Benfica (??!!!)

Mais uma vez repito: no Porto há uma cultura ganhadora que o Jesualdo simplesmente não tem. Logo, não tem perfil para ser treinador do Porto

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

2 respostas a A leitura brilhante de Jesualdo Ferreira

  1. JO diz:

    Mais uma vez um penalty fantasma a beneficiar sempre os mesmos……enfim……cada vez concordo mais com o outro que disse que se deveriam contratar arbitros estrangeiros para arbitrar o futebol nacional.

  2. Miguel Pessoa Vaz diz:

    Ainda bem que se esquece de referir um penalti sobre o Lucho aos 19 minutos. Queria ver quanto ia ficar o jogo se esse tivesse sido assinalado.

    Ah! E aposto que era daqueles que quando houve o alegado penalti do Cissoko sobre o Alan em Braga, vociferou contra mais um escandalo a favor do sistema. Pois bem, não vejo diferença entre o ‘alegado’ penalti sobre o Alan e o ‘alegado’ penalti sobre o Lisandro.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s