Uma Para a Caixa

O CDS decidiu apresentar uma proposta que faz com que a violência doméstica deixe de ser considerada pequena criminalidade, o que permite, entre outras coisas, que o agressor seja detido em prisão preventiva. Contrariamente ao que nos vem habituando, esta é uma proposta digna do século em que vivemos. Complementada com a isenção de custas judiciais para as vítimas de agressão (proposta do BE – “a justiça dos rrrrrrrrrrrricos”, nas palavras de Louçã) obteremos, certamente, uma maior justiciabilidade.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Uma resposta a Uma Para a Caixa

  1. João Torgal diz:

    Aqui fica o meu aplauso por estas propostas do Bloco e do CDS. Talvez uma das primeiras vezes que concordo com este último partido em alguma coisa. Quando a vi anunciada pela primeira vez, pensei que fosse também do Bloco de Esquerda, só para se perceber como foi grande o meu espanto com a proposta do PP
    Em todo o caso, como até parecia mal que o partido surpreendesse pela positiva tanta gente, logo teve que vir, qual macho latino na forma de betinho de Cascais, o deputado João Almeida pôr água na fervura e, numa argumentação própria do ensino primário, referir que não podia ser, que não se podia prender preventivamente o acusado, porque ele podia estar inocente. Bem visto, sim senhor. Eu sugeria agora que, quando se apanhasse um suposto violador ou um suposto serial-killer o puséssemos de imediato em liberdade, não vá ele estar a ser vítima do sistema. Que pérola…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s