Parabéns Rafa

 

A imagem do ano passado repete-se. E de 2005.E de 2006

Brilhante vitória de Rafael Nadal pela quarta-vez em Rolland Garros, derrotando na final, pela 3ª ocasião consecutiva, o nº 1 do Mundo Roger Federer (para muitos o melhor jogador de ténis de todos os tempos, apesar de algum handicap na terra batida).

Os números dizem tudo: 6-1, 6-3 e 6-0, em menos de 2 horas de duração. Um verdadeiro massacre frente, valha a verdade, a um irreconhecível Roger Federer, sem argumentos para contrariar a fabulosa exibição do espanhol. Destaque ainda para as palavras de Nadal no final de jogo, que, humildemente, homenageou o seu adversário, reconhecendo-lhe um carácter de grande campeão na hora das vitórias e derrotas e agradecendo-lhe o seu enorme contributo para o Mundo do ténis.

É a vantagem da Espanha ser um país que, apesar de ter o futebol como  principal modalidade desportiva, valoriza e apoia o desporto de um modo geral, enquanto em Portugal o futebol é simplesmente desporto único (não é desporto-rei, é mesmo desporto único; todas as restantes modalidades são, de forma vergonhosa, tendencialmente desprezíveis e não merecem apoios de praticamente nenhum tipo – basta ver o caso do grande campeão do mundo de triplo salto Nelson Évora que, na ausência de uma pista decente em Portugal, tem que efectuar o seu treino e a sua preparação em ESPANHA).

 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Uma resposta a Parabéns Rafa

  1. Concordo!
    Podias ter dado também o exemplo do Pedrito de Portugal, que em muito se aproxima do Nelsón.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s