Quentes e Frias

Tenho andando afastado (outros afazeres), mas não distraído.

Assisti com interesse (principalmente porque estive de cama com gripe durante dois dias, logo, obrigado a assistir à programação que os nossos fantásticos canais impõem) à recondução das atenções, aquando da deslocação do nosso PM à Venezuela (Chavolândia) para o delito que aparentemente cometeu a bordo – fumar um cigarro – pasme-se! Sinceramente, continuo a achar sintomático de alguma coisa que este episódio tenha sido notícia de abertura em praticamente todos os noticiários (mesmo nos fora de horas da SIC Notícias). E ainda mais sintomático que José Sócrates tenha vindo a público desculpar-se como uma criança arrependida e prometer a todos os que aparentemente se interessam que iria deixar de fumar. Patético. Tão patético como o que é considerado relevante pela comunicação social. Não posso estar mais de acordo com Pacheco Pereira…

… O que me leva a falar do seu inenarrável programa. Lobo Xavier, que jura que não está alinhado com nada nem ninguém, aponta o dedo a todas as figuras que aparentemente não são do CDS, revestindo-se na maior parte dos casos de uma irritante postura de virgem ofendida; Pacheco Pereira não tem qualquer problema em garantir que é um génio com acesso a fontes de informação de que mais ninguém dispõe; António Costa, o yes man de serviço entra como substituição directa do ascoroso Jorge Coelho, para fazer exactamente o mesmo tipo de discursos. Valha-nos o “Eixo do Mal” para uma análise política isenta (felizmente que não se limita à política).

Manuela Ferreira Leita soma e segue, contra o voluntariado que habita as concelhias do PSD de norte a sul. A velha guarda do PSD aparece para salvar o partido, contra todos os Santanas, Menezes e Jardins que não querem descer do poleiro (não restam dúvidas que a candidatura de Santana Lopes é um desesperado acto de sobrevivência politica). Com uma estratégia semelhante à do seu mentor espiritual, o Professor Silva, não responde a perguntas incómodas, pelo menos enquanto não ganhar eleições. Foi o que me pareceu na sua entrevista (bem conduzida – em todos os aspectos) da SIC Notícias. Bem, e por agora é tudo…

 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Actualidade, Media, Polémicas, Política. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s