Pragmatismo

Numa conversa com jornalistas após dois dias de encontro com o Hamas, Jimmy Carter (ex Presidente dos EUA) indicou que o Hamas afirma estar disposto a “aceitar um Estado palestiniano nas fronteiras de 1967 se os palestinianos o aprovarem” e a aceitar “o direito de Israel a viver em paz como um vizinho próximo”.

O Hamas é um movimento que tem nos seus estatutos como objectivo último a aniquilação do Estado de Israel. É o seu mote e é, coerentemente (do mesmo modo que Cunhal era, supostamente, coerente), aquilo por que se tem pautado a sua acção desde sempre e, mais recentemente, na Faixa de Gaza.

Estas declarações, embora posteriormente refreadas pelo líder do movimento, mostram o obvio: O Hamas é pragmático e aceitará, sem problemas, a independência de Israel, desde que Abbas saiba conduzir bem a sua diplomacia.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Uma resposta a Pragmatismo

  1. Nem sei o que é Israel…esses circuncisados não têm nada que andar a exigir terra que não é deles!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s