A Justiça portuguesa está… na rua

Um cidadão de Abrantes, testemunha de um processo criminal, teve de prestar o seu depoimento na rua porque anda de cadeira-de-rodas e o tribunal de Abrantes não tem  uma rampa ou um elevador que permitisse ele ter acesso à sala de audiências.

 Sejam bem-vindos a Portugal, um verdadeiro país de terceiro mundo.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Uma resposta a A Justiça portuguesa está… na rua

  1. Um país a duas velocidades. Nalguns aspectos muito evoluído, noutros muito terceiro mundista.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s