Leitura Obrigatória

Escreve FNV no Mar Salgado:

“Augusto Santos Silva esteve na RTP1 a explicar por que razão “não considera Cunhal um democrata” ( o que é óbvio). Isto, pasme-se, a propósito de uma reforma na educação. Como se chegou a este isto?

1) Por culpa da nomenklatura opinativa agregada aos media lisboetas. Quem não se lembra da frase recente de António Barreto – “Não sei se Sócrates é fascista” ? Pacheco Pereira falou de fascismo higiénico, Pulido valente avisou que a liberdade estava em perigo ( por causa dos cigarros) e muitos outros foram atrás. Uma elite universitária e política que o melhor que encontra para combater a política do governo é, trinta e quatro anos depois do 25 de Abril, o fantasma do regresso ao fascismo anuncia o pior. Temos o que merecemos porque os ouvimos, lemos e compramos…”

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Actualidade, Governo, Outros, Política. ligação permanente.

Uma resposta a Leitura Obrigatória

  1. José Maria Pimentel diz:

    Nem mais!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s